Dois anos depois de ter sido lançado, em 2016, em plena edição de estreia do Web Summit, o Fundo 200M concluiu a operação de estreia. A startup portuguesa Biosurfit, que desenvolveu e comercializa testes de diagnóstico in vitro, foi a primeira a receber no seu capital dinheiro deste fundo, que é alimentado pelo Portugal 2020.

Leia mais aqui

 

Partilhar: